O desejo de empreender tem se tornado cada vez mais comum entre os brasileiros. No entanto, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), mais de 60% das empresas que abrem no Brasil, fecham em até 5 anos. É muito comum que novos empreendedores se motivem para abrir o seu próprio negócio quando se veem sem alternativas para ganhar dinheiro ou quando querem se ver livres de seus
chefes. Seja por crise econômica ou por descontentamento com o trabalho que o futuro empreendedor exerce, é necessário ficar atento a alguns pontos.

Conheça o Mercado

Visando mais segurança e informações mais precisas no momento de tomada dessa decisão, também há a possibilidade da execução de uma pesquisa de mercado. A Pesquisa de Mercado pode visar escopos mais amplos, como macro e microambiente econômico, ou características mais específicas do seu negócio, como concorrentes diretos e indiretos, localização do ponto comercial, potencial de mercado, comportamento do consumidor, entre outras variáveis. Os dados necessários para a viabilização da pesquisa de mercado podem ser  adquiridos das mais diversas formas, sendo comum a busca em bancos de dados já existentes (governamentais, institucionais, empresariais) ou a coleta de novos dados a partir de questionários, entrevistas e grupos de enfoque.

Planeje as finanças

Além de conhecer o mercado, é necessário que a empresa tenha total controle das suas finanças. Saber precificar bem o seu produto, calcular as margens de lucro, vendas esperadas e planejar cenários otimistas e pessimistas é crucial para abrir um negócio. Tenha sempre em
mente que não basta apenas o capital necessário para colocar o seu negócio pra funcionar, sempre há necessidade de capital de giro.

O Plano de Negócios

Depois de ter conhecido o mercado que a empresa vai se inserir, ter feito todo o cálculo com os custos e receitas esperadas desse empreendimento, é hora de montar o seu plano de negócios. O plano de negócios é o instrumento ideal para traçar um retrato fiel do mercado, do produto e das atitudes do empreendedor, o que propicia segurança para quem quer iniciar uma empresa com maiores condições de sucesso ou mesmo ampliar ou promover inovações em seu negócio. No Plano de negócios, encontramos todos os itens citados anteriormente, o planejamento financeiro, análises de mercado, plano de marketing, além de outros escopos estratégicos que englobam o Business Plan. Em suma, o plano de negócios é a estruturação de tudo o que acontecerá na sua empresa em um determinado período de tempo para o qual se planejou. Com ele, é possível conduzir a sua empresa sem o infortúnio de encontrar obstáculos que poderiam ter sido previstos pela análise. É claro que o plano não prevê o futuro, mas indica as melhores opções para o panorama trabalhado, além de garantir a estabilidade que um bom planejamento promove.

Contudo, garantir o sucesso de um empreendimento não é tarefa fácil, por isso, você deve compreender todos os pontos citados anteriormente, como o mercado, as finanças, sobretudo o plano de negócios, para que assim, fique mais perto do sucesso e minimize os riscos.

Ficou interessado e quer saber mais do plano de negócios? Agende um diagnóstico gratuito com um de nossos consultores.